28 de jan de 2010

Qual o “preço social” de uma Cassação Política?

A cidadania sarandiense a cada dia analisa, indefesa, o "peso" e o "preço social" desta situação de "congestão política" que se empossou em nossa humilde cidade em virtude do desgastante processo de cassação política que vitimiza a todos. De uma lado uma torcida que se empenha em manter a luta do "poder pelo poder", do outro lado, organismos vivos de mobilização social dizendo "não ao desgoverno e , no centro, uma sociedade atônita que clama para se valer o "princípio da continuidade" da administração pública, pois as necessidades não esperam e as contingências do cotidiano são inevitáveis. Pasmem, já são mais de seis longos meses nesta disputa contenciosa em decifrar este enigma da "improbidade administrativa", porém nada de respostas, apenas se repetem os infames jogos de "gato e rato", diluído em duelos extra-institucionais que pirotecnizam "farpas" contundentes entre si deixando a opinião pública embasbacada com uma "pulga atrás da orelha" em busca da resposta à seguinte pergunta: Quando é que iremos a aprender a votar? 


Dr. Allan Marcio - Colaborador