27 de mar de 2012

Diário de um torcedor

Fomos na noite de ontem, em plena segundona, assistir o jogo entre o Opnnus Maringá e Corinthians pela Liga Nacional de Futsal. Confiante que seria um clima amigavél e familiar, levei minha esposa e minha filha Raphaela, de 3 aninhos pra ver o Coringão. Chagamos ao Chico Neto por volta das 19h30, o jogo daria inicio as 20h20, e já não havia mais lugar para estacionar o carro, rodamos vários minutos até encontrar uma vaguinha, mas para um Corinthiano isto não é nada, apenas detalhes. Entramos no ginásio, que tinha um bom público, creio eu que umas 3 mil pessoas, sentamos e começamos a assistir o jogo, apesar do sistema de ar condicionado estar desligado, e um calor insuportavél dentro do ginásio .

O primeiro tempo, tudo normal, o Timão vencia por 1 a 0 o time da casa, e a torcida parecia torcer para os dois times, era "Uhuuuul" quando o Corinthians atacava, e "Uhuuuul" quando o Opnnus tambem atacava o adversário. Porém, no segundo tempo da partida, a torcida do Corinthians para colaborar com o calor e a falta de ventilação dentro do ginásio fechado, acendeu alguns fogos, tomando o Chico Neto de fumaça, obrigando a arbitragem a interromper a partida. Teve momento que eu e minha esposa ficamos com medo daqueles fogos vir em nossa direção e atingir nossa filha, que estava ali, curtindo os gritos e cantos da galera. Mas tudo ficou bem, a Policia Militar retirou do ginásio alguns torcedores que causaram o problema. Nada contra a torcida, alias, sou Corinthiano tambem, mas fogos dentro de um ginásio fechado e sem ventilação não dá.

No final, correu tudo bem, o Corinthians Futsal venceu o Opnnus Maringá por 2 a 1.