8 de jan de 2010

Entre zelos e mazelas da informação...

Há fatos e boatos nos noticiários de Sarandi que são difíceis de "apurar" por aqueles que trabalhem com a notícia, pois a "tendência" em algumas situações é de "distorcer" a verdade e não revelá-la. Mantém-se, assim, um "ciclo vicioso" de buscar derrubar o próximo em vez de ser "solidário" na resolução do problema. Isto é lastimável e retrocesso para uma cidade abandonada. Só que nesse terreno pantanoso das "informações desencontradas" cresce a erva daninha das "redes de intrigas ou de interesses", onde a corda só se arrebenta para o lado mais "fraco", ou seja, "... papagaio faz a festa, periquito leva a fama...". Portanto, muitos falam mal, mas não largam do "osso". E quando precisam, vestem a máscara de "Amélias" e repetem tudo de novo.

Dr. Allan Marcio - Colaborador